quinta-feira, fevereiro 01, 2007

“Esmeralda” morreu

E se amanhã visse-mos este título em todos os jornais e telejornais, qual seria a nossa reacção?

Mais, se o título fosse: Pai adoptivo mata “Esmeralda”

Como iríamos reagir? Qual seria a nossa cara enquanto jornalistas para relatar estes factos?!

Está-se a fazer um julgamento em praça pública de um pai biológico vs pai adoptivo.

Por culpa da comunicação social o prato da balança está a favor do pai adoptivo. Mas não deveríamos ser imparciais e relatar com rigor as duas partes?

A legislação é clara: deve sempre pender para o lado da criança.

Não conheço nem o GNR em causa, nem o pai adoptivo, mas imaginemos que o meu segundo título se torne real, não teria o pai adoptivo razão para colocar processos em tribunal contra todos os órgãos de comunicação social que acabaram por influenciar a decisão de um juiz? Se calhar tinha.

Pensem numa coisa, ele até pode ter sido “mau pai” por ter fugido, mas nunca é tarde para que volte atrás e se regenere. O passado dele até pode influenciar, mas não será mais importante o seu futuro?

Quero com isto dizer que a comunicação NÃO ESTÁ DE TODO a seguir com rigor todo o caso. Está a ser sanguinária e a vender sentimentos. Vejamos o caso da SIC que defende o pai adoptante (e não adoptivo porque ele não adoptou nada) e a TVI o pai biológico.

Não dou razão nem a um nem a outro. Os julgamentos devem ser feitos nos tribunais e não nas páginas dos jornais. Os jornalistas (e o jornalismo) devem informar e gerar pontos de discussão para que haja esclarecimento e informação da população. Nada mais do que isso.

Há uns anos a SIC e a TVI deram voz a uma “senhora” do Algarve, mostraram-se emocionados e solidários com ela. Passado uns tempos descobriu-se que no “caso Joana” havia dedo desta mãe. Não sabemos se a criança morreu ou se foi vendida. Há condenados por homicídio, mas não há provas que realmente este tenha ocorrido. Mas a mesma comunicação social julgou antes de todos.


Não será altura para colocarmos a mão na consciência e analisarmos aquilo que andamos a fazer?? É que a continuar assim iremos cair no descrédito de todos.

1 Comments:

Blogger Elsa said...

Bem pensado!

3:53 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home